terça-feira, 10 de março de 2009

Um pouco de Colorimetria (Para Tati, do Toda Pink, e todas as Girls)


Li no blog Toda Pink um pedido de socorro da Tati a respeito de tintura para cabelo. Isso despertou minha mente para uma verdade: pouquíssimas mulheres são tão curiosas quanto eu a ponto de devorarem uma apostila de colorimetria! rsrsrsrs

No caso da Tati, a bola da vez é ser ruiva! Inspirada por ela resolvi passar algumas coisas que aprendi fuzilando minha hair designer (Val Rodrigues, um espetáculo em make, cortes, coloração etc) ou devorando material de colorimetria.

Tati, estou um pouco atrasada, é verdade. Mas quem sabe a gente ajuda outras girls!

AVISO: NÃO SOU CABELEIREIRA, NEM COLORISTA (profissional especializado em colorimetria). Sou apenas uma DOIDA QUE VIVE INVENTANDO IDÉIA NO CABELO e que por isso resolveu aprender um pouquinho mais sobre o assunto. Até porque eu sempre deixei minhas hair-designers ENLOUQUECIDAS.

O que sei é o essencial, mas muito importante, para colorir meus cabelos e aprontar (já tive até franja roxa) mas sem fazer estragos ou usar produtos proibidos - papel crepom e violeta genciana NÃO SÃO tinta para cabelo (né, Gabs?).

Os tons são as cores naturais do cabelo, representados no mundo da colorimetria pelo número antes do ponto ou da vírgula. Por exemplo a cor preta é representada pelo número 1.

A nuance é a tendência de reflexo principal da cor do cabelo, e é representada pelo número pós-ponto ou pós-vírgula (gentem, com hífen ou sem hífen? as novas regras me matam). Por exemplo, no caso do preto azulado: 1.1 - onde o .1 representa o cinza/azul.

Observação A: atualmente muitas tintas têm mais de um número após o ponto. Isso quer dizer que aquela cor contém um reflexo principal e um reflexo secundário, exemplo: tinta 8.34 é um loiro claro (tom) dourado (reflexo principal) acobreado (reflexo secundário).

Observação B: as numerações NÃO SÃO PADRONIZADAS, podendo variar de acordo com o fabricante (wella, l'oreal, vitaderm, garnier etc). Mas não se desespere, a maioria das grandes marcas tem numeração igual ou bastante semelhante.

Para facilitar um pouco a compreensão, e também para ajudá-las na hora de escolher sua tinta, logo abaixo temos uma tabela do fabricante Vitaderm com suas numerações:



Exemplos:
8.34 - loiro claro dourado acobreado
6.66 - loiro escuro vermelho intenso
3.5 - castanho escuro acaju

Observação C: toda tinta tem seu nome fantasia escrito na caixa, como Cereja. Mas sempre há, em algum ponto da caixa, o nome completo da cor. Se quer entender mais de colorimetria, sugiro que preste atenção nesse nome, até porque facilitará sua vida quando quiser pintar o cabelo em um salão ou comprar tinta de outra marca na mesma cor que estiver usando.

No próximo post falarei sobre os Óxidos.

bjks estaladas!!


Um comentário:

Tati Cardoso disse...

eu achei um máximo esse postt! hahaha
fiquei mto boba com um post qse q dedicado hahahah
brigada flor!!!

Beijao

Ah, sobre as ideias de ser ruiva: ainda nao desisti, mas vou dar um tempo, pq depois de um mes de guerra com meu cabelo, nos demos uma tregua hahahahah